Colômbia, Internacional

Bogotá com Crianças – Colômbia. A surpreendente cidade mais perto das estrelas!

Bogotá é uma cidade especial para a Família Itinerante. Vivemos ali por dois anos e meio e nossa princesinha nasceu lá. Sofia é Colombiana! Também foi ali que fizemos grandes laços de amizades que sempre que possível vamos visitar.

No alto da Cordilheira dos Andes, a 2.600 metros de altitude acima do nível do mar, Bogotá está mais perto das estrelas! A capital da Colômbia é a quarta maior cidade da América do Sul, com cerca de 8 milhões de habitantes. É um destino que oferece atividades para todos os gostos e uma grande oferta turística, com cultura, história, diversão, gastronomia, religião, rumba (festas) e compras.

O clima é friozinho, não há diferenças nas estações durante o ano, com temperatura média de 14 graus celsius, que pode variar de 8 a 20 graus. Chove em partes isoladas e faz sol todos os dias! Por isso, para Bogotá, leve casacos e sapatos fechados

É muito fácil se localizar na cidade e a gente explica detalhadamente como funciona os endereços. Bogotá tem uma gastronomia incrível a preços justos. As pessoas são muito receptivas e adoram receber os brasileiros. É um local em que se sente bastante seguro, mas há que ter certos cuidados, como em qualquer outra cidade do mundo.

Por conhecer tão bem Bogotá e termos recebido tanta gente em nossa casa, nós montamos um roteiro de visitação com os principais pontos para apresentar o que a cidade tem de mais bacana. Venha conosco que te daremos as dicas!

Roteiro:

 ⇒  Para saber mais:


Dia 1 – O centro histórico de Bogotá – La Candelária.

Região importante da cidade, este bairro possui ruas e casas que guardam memórias de muitos colombianos, heróis da pátria, políticos, artistas e demais personagens que ali viveram por toda a história da cidade. Recomendamos os passeios pelos museus e toda a região para efetivamente conhecerem Bogotá, com sua história e arte. Mas cuidado! Como todo centro urbano, há que ter atenção aos pequenos furtos e batedores de carteira, que infelizmente andam por ali abordando os turistas mais desavisados. Mas no geral, não se preocupe porque há policiais por toda parte para garantir a segurança de todos.   

Este roteiro é baseado pela proximidade das melhores atrações turísticas que consideramos imperdíveis para quem visita Bogotá e pode ser todo feito a pé. 

Museo Botero

Grande artista colombiano, Fernando Botero é muito conhecido no mundo todo pela característica principal da sua obra que retrata “personagens com formas arredondadas”, sejam eles pessoas ou animais. Ele doou 125 de suas obras (pinturas e esculturas) para seu país. Doou também 85 obras de sua coleção de arte particular de Picasso, Monet, Renoir, Miró, Matisse, Klimt, dentre outros.

Botero fez paródias de quadros famosíssimos como a Mona Lisa de Leonardo Da Vinci e a pintura das violências dos cartéis colombianos das décadas de 80 e 90, como a de Pablo Escobar. Com todo esse acervo doado, o Museu Botero foi criado e você não pode perder a oportunidade de fazer uma visita. Ele tem entrada gratuita e é bastante frequentado, mas atenção: o museu fecha todas as terças-feiras.

 

     

Museo Casa de la Moneda

Localizado ao lado do Museo Botero, trata-se do local que exibe a coleção numismática do Banco de la República composta por moedas, bilhetes, documentos e máquinas que, com uma exposição moderna e didática, conta a história econômica do país desde a época pré-colombina até os dias atuais. Esse foi o local em que cunharam as primeiras moedas da Colômbia, em 1622. Ele tem entrada gratuita e é bastante frequentado, mas atenção: o museu fecha todas as terças-feiras.

 

   

Plaza de Bolívar de Bogotá

Principal praça da cidade, localizada no centro histórico entre as carreras sétima e oitava, com as calles 10 e 11, é um ponto de encontro para os manifestantes por sua grande importância histórica e política desde a sua fundação, na época da colonização. Ali foi cenário de muitas execuções e fuzilamentos. Também se realizaram muitos espetáculos circenses e festas dos monarcas espanhóis, corridas de toro e todos os tipos de eventos culturais e sociais. Já foi praça de mercado e realizou muitos funerais de Estado.

Atualmente também é ponto de encontro de amigos, estudantes, comerciantes e artistas. Ao redor da praça estão importantes edifícios públicos, como o Palácio de Liévano (Prefeitura), o Congresso da República e o Capitólio Nacional, sede do Congresso. Do outro lado está a Catedral Primada de Colômbia e a Capela do Sagrado. Logo ali atrás do Capitólio está a Casa de Nariño, a residência do Presidente da República.

 

Museo del Oro

Considerado um dos maiores museus do ouro do mundo, trata-se de um incrível acervo que mostra como foi a época pré-colombiana, a abundância do ouro nas Américas e a sua presença no cotidiano do povo. São mais de 55.000 peças expostas em salas ao longo de seus 3 andares. Atenção: o museu fecha todas as segundas-feiras, estando aberto de terça a domingo. Aos domingos a entrada é gratuita.

 

Cerro Monserrate

Este local é maravilhoso e a visita é imperdível. Fica também no centro de Bogotá, mas acreditamos que ficaria muito difícil fazer todos os museus recomendados acima juntamente com o Cerro. Por este motivo, aqui em nosso post sobre Bogotá, daremos este local como sugestão para roteiro do dia 3. Ver abaixo!

Para COMER no centro histórico:

  • Para café da manhã tradicional bogotano: La Puerta Falsa (ao lado da Plaza Bolivar).
  • Para lanches: recomendamos o El Corral Gourmet La Candelaria, para deliciosos lanches (perto do Museu Botero).
  • Se quiser opções de bons restaurantes para almoço, porém um pouco mais distante, recomendamos o Tábula, Donostia, Wok ou Tapas Macarena (todos ficam próximos ao Museo Nacional de Colombia).

Dia 2 – Zipaquirá e Andrés Carne de Res em Chia.

Catedral de Sal em Zipaquirá

Na cidade de Zipaquirá, vizinha de Bogotá, existe um local chamado de Parque de la Sal, que é uma região com muitas minas de sal. Em especial dentro de uma dessas minas, em uma enorme caverna, há uma Catedral linda, que vale muito a visita! Considerada a Primeira Maravilha de Colômbia, temos certeza que ela é diferente de tudo o que você já viu na vida!

 

Essa belíssima catedral foi completamente esculpida em sal e é a única deste tipo. Ao passar pela entrada da caverna você iniciará seu caminho pela “Via Crucis” e descerá a 180 metros abaixo da terra. No final da trilha, você encontrará a Nave da Igreja, imensa e bela. Ali sempre tem missas e apresentações musicais de corais e piano. Fique atento a programação no site da Catedral. 

 

 

Dentro da caverna também tem algumas lojinhas para compra de souvenirs e há uma espécie de quiosque que mostra um pouco sobre a extração de esmeraldas da Colômbia, além de uma trilha dos mineiros de sal. Lá embaixo há um filme 3D contando a história do local que é incrível!

 

Enfim, é um passeio que dura no mínimo a metade do seu dia, e você vai se deslumbrar com tanta beleza natural. Vá bem cedo porque é um local sempre cheio e tem muita fila para entrar. Além disso, é um local que controla o número de visitantes (capacidade de carga turística). Assim, quem vai mais tarde pode correr o risco de passar muito tempo na fila esperando outros visitantes saírem para poder entrar. 

Para chegar lá você poderá ir de táxi, Uber, contratar um motorista particular ou até mesmo ir de trem turístico, chamado de Turistren, que sai da Estación de La Sabana, ou de Usaquén (zona norte de Bogotá) e vai até Zipaquirá. Mas atenção: o passeio de trem é muito mais demorado que ir de carro. A cidade de Zipaquirá fica a aprox. 50 km do centro de Bogotá e leva aprox. 01:00h em carro, dependendo do trânsito (que é muito intenso), e de trem é aprox. 03:00h de Usaquén até Zipaquirá. 

Saindo da Catedral de Sal em Zipaquirá recomendamos almoçar no icônico restaurante colombiano, Andrés Carne de Res, na cidade de Chia, a caminho de Bogotá. Também é um local diferente de tudo o que você já viu. A comida é deliciosa, típica e vale muito a pena conhecer. Eles têm espaços e atividades infantis durante o dia e o restaurante é realmente imenso e com uma decoração incrível. É o típico lugar que não pode deixar de ir. A partir das 21h, todas as crianças são convidadas a se retirarem do restaurante e começa a rumba (ritmo preferido dos colombianos) para diversão dos adultos.

 

 

 

 

 

No fim do dia, se ainda tiver fôlego e quiser curtir uma praça bacana, onde os bogotanos se reúnem para deixar a garotada brincar no local e depois jantar em qualquer das excelentes opções de restaurante ao redor, vá ao Parque de la 93. Neste parque também acontecem feiras e exposições temporárias e quando há partidas de futebol importantes eles colocam grandes telões para os torcedores acompanharem os jogos. No período natalino toda a região fica lindamente iluminada e decorada com motivos de natal. Nossos restaurantes preferidos ali são Pesquera Jaramillo, Wok, Café Renó e Salto del Ángel.

 


Dia 3 – Cerro Monserrate e Planetário.

Cerro Monserrate

Esse passeio também é imperdível. O Cerro Monserrate é o mais conhecido dos cerros da região e te dá a oportunidade de ver toda Bogotá lá do alto. Dali você tem uma vista completa da cidade. Desde o período colonial, a igreja que ali se encontra tem sido lugar de peregrinação religiosa. Você poderá subir o morro a (somente para os bem preparados fisicamente, não recomendado para os “pobres mortais”, crianças e idosos), de teleférico ou funicular. São 3.200 metros acima do nível do mar. O Santuário del Señor Caído de Monserrate no alto do cerro é lindíssimo, e ao lado dele há várias lojinhas com artigos religiosos e uma feirinha com souvenirs para comprar artigos típicos como lembrancinhas de viagem.

 

 

 

 

 

 

A “Vía Crucis” do Cerro possui belíssimas estátuas trazidas da Florença, na Itália, no séc. XIX e pelo caminho se pode contemplar a natureza nativa do bosque andino. 

 

Para vivenciar uma experiência completa no Cerro, curtir um pouco mais da estonteante vista local e aproveitar a deliciosa comida ali servida, recomendamos o almoço na Casa Santa Clara ou o jantar na Casa San Isidro. Se quiser ter uma noite bem romântica, jante a luz de velas. Os dois restaurantes têm vista para a cidade toda e o pôr do sol neste lugar é MARAVILHOSO! Mas não se esqueça de fazer reserva antecipada, pois os restaurantes são disputadíssimos!

 

 

 

Planetário

Diversão garantida para crianças e adultos. O Planetário de Bogotá é um lugar muito legal, em que todos tem a oportunidade de aprender brincando. Este planetário é um dos maiores da América do Sul e possui uma enorme área de projeção: 23 metros de diâmetro com 380 cadeiras. Também possui diversas experiências visuais e interativas sobre as diferentes formas de conhecer o Universo. Lá são realizadas oficinas, conversas, capacitações de professores e programas de arte e ciência. Também há espaços exclusivos para as crianças pequenas. Imperdível e as crianças adoram! Atenção: ele se encontra fechado todas as segundas-feiras.

 


Dia 4 – Parque Simón Bolívar e Maloka.

Parque Metropolitano Simón Bolívar

É o maior e o mais importante parque metropolitano de Bogotá. Considerado o pulmão da cidade por conter inúmeras árvores em plena capital colombiana, este parque também inclui: El parque Central Simón Bolívar (Calle 63 y 53 entre carreras 48 y 68), El parque Los Novios (o parque El Lago), El Complejo Acuático, El Centro de Alto Rendimiento, La Cancha Popular de Golf, La Plaza de los Artesanos, El Salitre PRD (Recreodeportivo), El Museo de los Niños (que está em reforma), La biblioteca Virgilio Barco, La Unidad Deportiva El Salitre, El Salitre Mágico e El Jardín Botánico. Com certeza você passará um dia muito agradável em qualquer uma das partes desse grandioso parque. 

Foto Divulgação Site www.idrd.gov.co

Museo de los Niños

Esse é um museo que apresenta temas de ciência, cultura e tecnologia de uma maneira bem divertida e totalmente voltada para crianças pequenas, de 0 a 12 anos. Ele faz parte do Parque Metropolitano Simón Bolívar, mas atualmente está em reforma. Ele já era muito instrutivo e divertido, imagina como ele vai ficar daqui a pouco quando reabrir?

 

 

Maloka

Localizado a aproximadamente 3km do Jardim Botânico de Bogotá, trata-se de um museu interativo imperdível que alia ciências e tecnologia para quem viaja com crianças. Como seu próprio nome indica, Maloka é o “local para adquirir a sabedoria do universo”! As atividades interativas sobre temas como a vida, a biodiversidade, a cidade, o universo, a tecnologia e o ser humano divertem crianças e adultos de todas as idades. Também possui um domo com tela esférica para projeção em 2D e 3D e sistema especial de som. Funciona de terça a domingo, assim, fecha todas as segundas-feiras.

 

   


Outros passeios e restaurantes incríveis em Bogotá e região.

Parque Jaime Duque em Tocancipá.

Localizado a aprox. 45 km do centro de Bogotá, o Parque Jaime Duque é enorme e diferente, situado em uma cidade vizinha chamada Tocancipá. Trata-se de um centro cultural e recreativo que oferece uma grande variedade de atrações temáticas. Contém um zoológico com muitos pássaros, macacos e capivaras, alguns brinquedos de parques de diversões, o Museu Jaime Duque e algumas réplicas de grandes construções ao redor do mundo, como o Taj Mahal na Índia, os Jardins da Babilônia, os templos de Artemis e as pirâmides do Egito. Esse é um delicioso passeio para curtir um dia inteiro com as crianças!

 

 

 

 

 

Multiparque

Localizado ao extremo norte de Bogotá, trata-se de um parque de diversões ao ar livre destinado a diversão da família toda. Eles possuem uma variedade enorme de brinquedos mecânicos, mini-golfe, kart, área de granja com alguns animais e área exclusiva para os bem menores, chamada de Yukids (até 1,30 mt).  Além do parque, o local conta com bons restaurantes, espaço para eventos e um centro comercial. Recomendamos ir com sapatos confortáveis, levar um casaco e passar o protetor solar. Para comer, recomendamos o Andres Carne de Res ou El Tambor. Atenção: o parque fecha todas as terças-feiras

Mapa/Divulgação site do Multiparque

 

Foto/Divulgação site do Multiparque

Mercado de Pulgas Usaquén

Trata-se de uma feira que acontece aos domingos pela manhã no bairro de Usaquén em Bogotá, com grande variedade de artesanato, roupas, acessórios para o lar e comidas típicas. No entorno da feira há vários bons restaurantes para a família poder almoçar, como por exemplo o Archies, o La Mar e o La Biferia. Sempre que recebíamos visitas, íamos lá comprar souvenirs e conhecer um pouquinho mais do artesanato colombiano. Todo mundo adora uma feirinha!

 

Mercado Boho Food Market

Trata-se de um mercado gastronômico aberto em setembro de 2018, também localizado em Usaquén, que oferece a mais variada opção de café da manhã, almoço e jantar. Há também bebidas artesanais e música no local. O mercado oferece opções para compras de alimentos orgânicos, embutidos, queijos e diversas especiarias. Para quem busca experiência gastronômica, aqui é o lugar!

Zona T ou Zona Rosa

É uma região de Bogotá muito segura para sair caminhando durante o dia ou a noite, que possui shoppings, lojas, muitos bares, cervejarias e restaurantes para você aproveitar com sua família. E com certeza, é o melhor lugar noturno da cidade, com muitas atrações e discotecas para aqueles que viajam sem crianças. Nesta região recomendamos os restaurantes Andrés Carne de Res DC, Club Colombia, Hard Rock Café, Wok e La Vecindad (restaurante autorizado do famoso seriado mexicano Chaves).

Zona G

Localizada no bairro de Chapinero em Bogotá, possui muitas atrações gastronômicas e é um dos locais mais visitados da cidade que possui cozinhas internacionais de altíssima qualidade. É uma das zonas mais exclusivas de Bogotá e o “G” deriva da palavra Gourmet. Definitivamente é um setor da cidade que se converteu em destino obrigatório dos amantes da boa gastronomia e que possui reconhecidos restaurantes de renome, como o Criterion (dos renomados chefs colombianos Jorge e Mark Rausch), El Cielo (de comida molecular), NN Food Hall e El Caracol.

Restaurante La Fragata Giratório – Restaurante com excelente comida internacional com uma vista de 360 graus da cidade de Bogotá, na Calle 100. Recomendadíssimo por toda nossa família e amigos!

Restaurantes campestres muito legais para ir com a família:

  • La Calera é um pequeno município localizado a 18 km de Bogotá, ao lado dos bairros de Usaquén e Chapinero, em que muitos bogotanos aproveitam a maravilhosa gastronomia local. Existem vários restaurantes maravilhosos com comida típica colombiana, como por exemplo, o El Molino e El Tambor. Recentemente foi inaugurado um restaurante sensacional para crianças, chamado de La Granja Naranja, que tem animais, manualidades, música, venda de produtos orgânicos que você colhe da horta, parque e a comida é deliciosa!
  • Chía – o restaurante El Pórtico é uma ótima opção porque tem área kids com palhaços e passeios de poney.
  • Subachoque – é um pequeno município localizado a 45 km de Bogotá que também possui várias opções de restaurantes campestres para ir com crianças, como o La Caballeriza e o La Huertana.
  • Tenjo  localizado a 37,7 km da região central da Candelária, outra opção de restaurante bem legal para crianças é o La Granja.

 ⇒  Para saber mais:

Documentos e Vacinas para entrar na Colômbia.

De acordo com o Portal Consular do Itamaraty, para brasileiros ingressarem na Colômbia deverão apresentar o passaporte válido pelo menos até a data de retorno. Ou apresentar a Carteira de Identificação Civil (RG) para substituir o passaporte (documento deve ser recente, em bom estado de conservação e com foto capaz de identificar claramente o titular). Mas ATENÇÃO: a CNH não substitui o passaporte, somente o RG substitui. Para maiores informações sobre a documentação, clique aqui.

O Ministério da Saúde da Colômbia determinou a exigência de apresentação do Certificado Internacional de Vacinação contra a Febre Amarela a passageiros provenientes do Brasil.

Além dos documentos e certificado de vacinação, é muito importante ter um seguro de viagem internacional para evitar problemas no exterior em caso de alguma enfermidade ou acidente. Não viaje sem ele!

Câmbio de Moeda em Bogotá.

A moeda utilizada na Colômbia é o peso colombiano (COP) e o dólar americano é a melhor moeda a levar para fazer a troca. No aeroporto El Dorado, no local de saída das bagagens, tem casa de câmbio, mas o ideal é fazê-lo na cidade por causa das taxas. Praticamente todos os shoppings possuem casa de câmbio, além de poder fazer a troca em bancos e alguns hotéis. Não é seguro fazer câmbio na rua ou diretamente nos estabelecimentos. Outra opção é utilizar os caixas eletrônicos 24 horas para fazer o saque já na moeda local, utilizando o adiantamento do cartão de crédito em dinheiro.

O cartão de crédito internacional é aceito em praticamente todos os estabelecimentos, como hotéis, restaurantes, lojas e para os passeios.

Como se localizar em Bogotá.

É muito fácil se localizar na cidade, pois ela basicamente possui ruas quadrangulares que se dividem em Calles e Carreras, que são numeradas. Assim as ruas chamadas de Carreras, são numeradas em ordem crescente de Leste a Oeste. E as ruas chamadas de Calles, cortam a cidade horizontalmente, numeradas em ordem crescente de Sul ao Norte. Bogotá possui 4 regiões distintas, mas os pontos turísticos citados em nosso post estão localizados nas regiões abaixo:

  1. Zona Norte – da Calle 68 para o Norte da cidade (Parque de la 93, Mercado de Pulgas) – Zipaquirá e Chia também são cidades que ficam ao norte de Bogotá.
  2. Zona Centro ou Leste – da Carrera 1 a 14, da Calle 5 a 34 (Bairro La Candelária, La Calera).

Além das Calles e Carreras, há também as Transversais e as Diagonais, que são ruas principais e em geral são bem largas.

Dito isso, cada endereço consiste em uma série de números. Por exemplo, o Museo Botero está localizado na Cl 11 # 4 – 41, ou seja, ele está localizado na Calle 11, depois da Carrera 4, no número 41.

Observação: abreviação de Calle poderá vir escrito como C, Cl ou Cll. A abreviação de Carrera poderá vir escrito como Cra, K ou Kra. 

Nomes das principais Avenidas que você irá encontrar em alguns endereços:

  • Avenida Caracas – é a Carrera 14.
  • Avenida Gonzalo Jimenez de Quesada – é a Calle 13.
  • Avenida Eldorado – é a Calle 26.
  • Avenida Las Palmas – é a Calle 57.

Dica importante sobre usar Taxi, Uber ou Motorista particular de confiança em Bogotá.

Para nossa segurança, nós sempre usamos Uber que funcionava muito bem ou um motorista particular de nossa confiança para fazer os passeios quando nossa família vinha nos visitar e em nosso carro não cabia todo mundo.

Bogotá conta com um bom serviço de táxi e todos são de cor amarela. Para sua segurança, não aborde o táxi diretamente na rua. Caso necessite de um táxi, ligue sempre para a central dos táxis e peça por telefone, inclusive exija saber com antecedência o número do carro que enviarão e confira antes de entrar nele. Dentro do veículo deverá estar à vista o documento de identificação do motorista e do veículo além das tarifas cobradas pelo taxímetro.

Temos sugestões de alguns motoristas prestativos e de confiança que nos ajudaram muito e a nossos amigos também. Caso você necessite desse serviço, negocie os valores com eles, que poderão te levar e buscar onde quiser, pelo tempo que precisar. Sr. Luis +57 310 3299820 ou Sr. Andres Leguizamon +57 310 2769684.

Turisbog

Essa é uma excelente opção para quem gosta de ônibus turísticos que fazem roteiros pelos principais pontos da cidade. Eles também tem opções para ir até a Catedral de Sal em Zipaquirá. 

Outros sites de pesquisa sobre a Colômbia.

 

Um comentário em “Bogotá com Crianças – Colômbia. A surpreendente cidade mais perto das estrelas!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.