Dicas de viajante

Viajar com crianças, é melhor em voo noturno ou diurno?

Esse é um assunto bastante controverso porque envolve questões muito particulares e cada família “funciona” de um jeito. Algumas crianças dormem o voo todo, outras não. Algumas são mais calmas, outras nem tanto. Alguns pais fazem uso de medicação para elas não enjoarem e isso as deixam mais sonolentas, outros pais não concordam de jeito nenhum!

Se a criança não está acostumada a viajar, ela possivelmente estará ansiosa com a novidade, com a movimentação das pessoas e do aeroporto e assim ela poderá ficar muito agitada. E nesse caso, tanto o voo noturno quanto o diurno têm seus prós e contras.

VOO NOTURNO em que a criança dorme bem, quando da chegada na cidade destino, ela estará com a energia revigorada enquanto os pais estarão “destruídos” do cansaço do voo, afinal, para os adultos, não é o mesmo que dormir em uma bela cama. Neste caso, você terá que lidar com um dia inteiro pela frente enquanto a criança só quer brincar e se divertir. E se ela se agitar durante o voo e não conseguir dormir ou chorar, não é fácil lidar com essa situação com as luzes apagadas e os demais passageiros tentando descansar.

VOO DIURNO, em geral, mesmo que a criança durma um pouco, ela passará mais tempo acordada e quando chegar no destino, todos irão para o hotel e seguramente irão dormir e descansar. Assim é mais fácil lidar com o terrível “jet-leg” (descompensação horária causada no passageiro quando troca de fuso horário – cansaço e insônia). E se a criança fica agitada e chora, é muito mais fácil lidar com essa situação difícil durante o dia do que a noite. Temos certeza que você (e os demais passageiros) terá muito mais paciência com seu filho durante o dia.

Nós já tivemos voos diurnos e noturnos maravilhosos, assim como também já tivemos experiências terríveis, em voos longos e curtos. Para nós, o mais importante é que o VOO SEJA DIRETO, as vezes compensando até mesmo a diferença de preço nas passagens. Há momentos em que a única coisa que você vai querer é chegar rápido! Hehehehe. Mas se o voo é longo demais e precisar de uma conexão (troca de aeronave), nós preferimos parar na cidade e continuar a viagem no dia seguinte. Assim é possível sair e descansar um pouco e até mesmo conhecer a cidade da conexão e depois seguir viagem mais descansados.

Uma ótima ideia para quem viaja com crianças é levar na bolsa de mão algumas atividades para os pequenos, como livros de histórias, de colorir, de desenhar, cadernos de atividades, tablet com os desenhos favoritos, celular ou pequenos jogos e sempre tenha fones de ouvido que caibam nas orelhinhas dos pequenos!

 

 

4 comentários em “Viajar com crianças, é melhor em voo noturno ou diurno?”

  1. Como norma sempre optávamos por voos noturnos, mais em nossa última experiência, apesar de já não serem tão crianças as filhas, o voo diurno foi maravilhoso para todos, mesmo sendo longo (12 horas). Também temos que reconhecer que em cada companhia aérea a experiência tem diferenças. Muito bom tuas dicas, não vejo nenhum blog tão interessante sobre este tema em particular “viajar em familia”. Parabéns!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.