Brasil, Foz do Iguaçu

Foz do Iguaçu com Crianças

Foz do Iguaçu é uma cidade brasileira do estado do Paraná, que faz fronteira com a Argentina e o Paraguai. Um dos destinos turísticos mais visitados por estrangeiros no Brasil, o seu principal atrativo são as Cataratas do Iguaçu. Mas para além das cataratas, há várias outras atrações na cidade e região que agradam a toda família.

Fizemos esta incrível viagem em família, com 2 adultos e 2 crianças no carnaval (uma de 8 anos e um bebê de 1 ano) e aproveitamos muita coisa que o local tem para oferecer. Vamos contar todos os detalhes e dicas dessa viagem inesquecível. Venha conosco!

O que visitar com crianças:

NOSSAS DICAS para esse destino.

PARA SABER MAIS


BRASIL – FOZ DO IGUAÇU

Cataratas do Iguaçu – lado brasileiro (passeio de 1 dia inteiro ou pelo menos metade do dia).

O Parque Nacional do Iguaçu foi criado em 1939 e protege uma riquíssima biodiversidade da floresta Amazônica, da fauna e da flora brasileira, constituída por algumas espécies ameaçadas de extinção, como a onça-pintada, puma, jacaré-de-papo-amarelo, gavião real, dentre outros. Este parque foi a primeira Unidade de Conservação do Brasil a ser instituída como Sítio do Patrimônio Mundial Natural pela UNESCO, em 1986. As Cataratas são formadas pelas águas do Rio Iguaçu e desaguam no Rio Paraná, na cidade de Foz do Iguaçu no Brasil, fazendo fronteira com Paraguai e Argentina. São em média de 275 quedas d’agua.

De acordo com uma votação popular global de 2009 a 2011 realizada pela Fundação New 7 Wonders, as Cataratas do Iguaçu venceram a campanha por mais de 500 milhões de votos, e se tornaram uma das 7 Maravilhas Naturais do Mundo!

Como estávamos de carro alugado em Foz do Iguaçu, saímos do hotel bem cedo e paramos o veículo no estacionamento do parque. Dali seguimos para a fila apresentar os ingressos de entrada (que já tínhamos comprado antecipadamente pelo site das Cataratas do Iguaçu). 

Como mostra o mapa abaixo (disponível no site das Cataratas), o parque é enorme e você pode fazer vários passeios lá dentro. Provavelmente vai precisar escolher quais deles fazer de acordo com o perfil da sua família. Há opções de trilhas, passeios de barco, passeios de bote a remo, vôos panorâmicos de helicóptero e admirar as imensas quedas d’água. Como nós estávamos acompanhados de uma bebê, preferimos ir diretamente para a visitação das quedas d’água e não fizemos as trilhas e nem os demais passeios nas cataratas.

Foto / Divulgação do Mapa no site das Cataratas do Iguaçu

Ao entrar no parque, pegamos o ônibus que sai da Estação Centro de Visitantes e circula por todo o local levando os visitantes. Ele vai parando em diversos pontos para as trilhas e passeios, mas nós só descemos na última estação, no Espaço Porto Canoas. Estávamos com o carrinho de bebê e foi super tranquilo passear lá com ele. Caminhamos até o Espaço Naipi (número 15 do mapa acima), onde tem um elevador para descer até a ponte principal, mirante das cataratas (este local também possui rampa de acesso). E ali embaixo vislumbramos a mais linda das cataratas!

 

 

Saímos molhados da ponte, pois a queda d’água é muito forte e respinga em todos que estão lá embaixo. Ainda bem que levamos casacos impermeáveis para nós e capa de chuva para o carrinho!

Fomos até ao Restaurante Porto Canoas almoçar. O restaurante tem um serviço self-service, com comida caseira. Apesar de ter música ao vivo, consideramos o valor muito caro para o que oferece, mas vi muitos relatos de pessoas que adoraram a comida. A vista do restaurante é incrível!

 

À tardinha passeamos um pouco mais pelo local, tiramos outras fotos, compramos alguns souvenirs nas lojinhas e retornamos pelo ônibus até a Estação Centro de Visitantes. Consideramos que é um passeio para um dia inteiro pois há muita natureza para apreciar. Tem diversas atrações para aproveitar e o local é muito bem estruturado e organizadoO parque está aberto diariamente das 09:00 as 17:00h. Crianças até 12 anos e idosos têm entrada gratuita (só pagam o transporte interno).

Nós estávamos acompanhados de nossa bebê e por isso não fizemos o famoso passeio de barco Macuco Safari, mas lá do alto vimos as pessoas tomando banho de cachoeira. Deve ser muito divertido e uma experiência única!


Marco das 3 Fronteiras (passeio de pelo menos 2 horas do dia).

 

O Marco das 3 Fronteiras é um ponto turístico da cidade de Foz do Iguaçu onde está localizado o obelisco de pedra pintado com as cores do Brasil,  que representa a divisa territorial entre o Brasil, Argentina e Paraguai.

O local possui muitas atrações para a família se divertir. Há uma linda Vila Cenográfica em homenagem às Missões Jesuíticas e dentro dela há lojinhas para venda de souvenirs e artesanatos. Há um “brinquedão” para as crianças brincarem à vontade e em frente há o Restaurante Cabeza de Vaca, que é  bem legal para os pais curtirem a tarde enquanto as crianças se divertem no parquinho. No local há também uma fonte que as crianças podem se refrescar em dia de muito calor. Este foi um lugar que nos surpreendeu positivamente e passamos momentos muito agradáveis lá. E ao fim do dia, por volta das 19:30h, há uma apresentação de dança de época, com rapazes e moças vestidos com roupas típicas. As luzes se acedem no pôr-do-sol e o local fica mais lindo do que já é.

Do lado de fora da atração, havia uma roda gigante na porta do local, donde se conseguia ver os 3 marcos das fronteiras de cada país, e o encontro dos rios Iguaçu e Paraná!

O Marco das 3 Fronteiras está aberto todos os dias das 14:00 as 22:00h, porém a apresentação das danças típicas acontece de terça a domingo.

 

 

 

 


Itaipu Binacional e Passeio de Kattamaram (passeios de pelo menos metade do dia).

 

A Usina de Itaipu é a maior geradora de energia do Mundo! Ela aproveita a força das águas do Rio Paraná e está localizada entre o Brasil e o Paraguai (Binacional). A Usina possui dois tipos de visitação:

  • Visita Panorâmica – realizada dentro de ônibus panorâmicos (sistema hop-on, hop-off) com saídas a cada 15 minutos, com áudio guia em português, inglês e espanhol e possui 3 pontos de paradas. Essa visitação é permitida para todas as idades. É proibido levar malas e mochilas grandes e as bolsas pequenas serão revistadas. Há monitores que explicam e tiram suas dúvidas durante todo o passeio. Foi esta visitação que fizemos com as crianças.
  • Circuito Especial – inclui toda a visita panorâmica além de poder conhecer o interior da usina, seus detalhes de funcionamento, comando geral até chegar no eixo de uma enorme turbina em pleno funcionamento. Essa visitação é permitida para maiores de 14 anos. É obrigatório o uso de calçados fechados, sem salto e roupas compridas. É proibido qualquer tipo de bolsa e é obrigatório portar os documentos. O local possui guarda-volumes (não está incluso no valor do ingresso).

 

 

Passeio de Kattamaram no lago Itaipu.

Fizemos o passeio Itaipu Kattamaram – Pôr-do-Sol e foi incrível. Vislumbrar as águas do lago Itaipu no momento maravilhoso do pôr-do-sol foi realmente um privilégio. O barco possui cadeiras e serviço de bebidas a bordo. Esse passeio acontece todos os dias as 17:00h e possui quase 3 horas de duração. Recomenda-se comprar os ingressos antecipadamente por motivo de limitação do número de pessoas no passeio.

 

 


Parque das Aves (passeio de pelo menos metade do dia)

É o segundo atrativo mais visitado em Foz do Iguaçu. Trata-se de um Centro de Conservação Integrada de Aves da Mata Atlântica localizado próximo as Cataratas do Iguaçu que é um dos maiores parques de aves da América Latina. No Parque das Aves você irá encontrar flamingos, periquitos, tucanos, corujas, araras, dentre outros. Eles também possuem alguns répteis como cobras e jacarés e até borboletas. Mas ATENÇÃO: é proibido alimentar os animais.

Aberto diariamente das 08:30 as 17:00h, crianças até 8 anos incompletos têm entrada gratuita.

Foto Wikipédia – Parque das Aves

Templo Budista Chen Tien (passeio de pelo menos 2 horas).

Construído em 1996 na região mais alta da cidade de Foz de Iguaçu, o Templo Budista Chen Tien possui uma linda vista do centro da cidade e também da Ciudad del Este, no Paraguai. Com mais de 120 estátuas e um maravilhoso jardim, o local é bastante tranquilo e te permite conhecer um pouco mais sobre a filosofia budista. A entrada é gratuita e está disponível de terça-feira a domingo, de 09:30 as 16:30h. Atenção: trata-se de um lugar de reflexão e deve ser respeitado.

 

 


Dreamland – Museu de Cera e Maravilhas do Mundo, Vale dos Dinossauros e Dreams Ice Bar.

O Dreamland está localizado no complexo do Foz do Iguaçu Park Show e abre diariamente. Ele possui atrações bem interessantes para dias de chuva e muito calor, pois é uma das poucas opções que Foz do Iguaçu oferece com ambientes totalmente fechados.

1. Museu de Cera: é o Primeiro Museu de Cera da América Latina, com várias estátuas de cera em tamanho real, em cenários diferentes. Alguns personagens são verdadeiras cópias dos famosos, outros nem tanto, mas as crianças se divertem bastante! São cantores, atletas, personagens de desenho infantil e artistas em geral.

2. Maravilhas do Mundo: este museu apresenta mais de 20 réplicas em miniatura das principais construções mundiais, reproduzidas fielmente e instaladas em cenários independentes! Excelente oportunidade para mostrar um pouco de vários países distintos para as crianças. Lá estão Torre Eiffel, Muralha da China, Cristo Redentor, Taj Mahal, Estátua da Liberdade, dentre outros.

 

3. Vale dos Dinossauros – esse espaço funciona em área aberta, por isso não recomendado em caso de chuva. Trata-se de uma trilha em meio a floresta com várias réplicas de dinossauros com movimentação eletrônica e que fazem ruídos, fazendo você se sentir no período jurássico. Algumas crianças muito pequenas costumam ter medo dessas atrações. Essa atração é idêntica a de Gramado e nós já estivemos lá.

4. Dreams Ice Bar – considerado o maior e o mais gelado bar do Brasil, com temperaturas bem abaixo de zero, este bar tem várias esculturas feitas de gelo e  está aberto diariamente. Possui 30 minutos de open bar para o visitante degustar licores e coquetéis artesanais feitos por produtores da região que está incluído no valor do ingresso. Consideramos não ser recomendado para bebês ingressarem em um local tão gelado e permanecer ali, mesmo que por pouco tempo, por isso não conhecemos essa atração.


ARGENTINA – PUERTO IGUAZU   

Como estávamos de carro alugado, saímos do hotel bem cedo em Foz do Iguaçu com destino a Argentina. No caminho compramos a Carta Verde para atravessar a fronteira.

Carta Verde:

 A Carta Verde é um seguro obrigatório para veículos de passeio (alugados ou não) que queiram atravessar a fronteira do Brasil com a Argentina, Paraguai ou Uruguai. Esse seguro cobre as despesas caso haja um acidente em que você cause danos a terceiros. Ele não é cobrado na aduana da fronteira, mas se a fiscalização te parar e você não tiver esse seguro, será multado. Emitimos nosso seguro em um escritório a caminho da Argentina, na Av. Mercosul, 2180, conforme indicação da Unidas, locadora que reservamos o carro. Nosso seguro foi da SulAmérica com vigência por 3 dias e a emissão foi feita na hora, sendo necessário apresentar um documento (autorização de saída para a Argentina) emitido pela Unidas no momento da retirada do veículo, além dos documentos do motorista e do veículo.

Com o documento em mãos, seguimos para a Fronteira com a Argentina.

Documentação para entrar na Argentina:

Por se tratar de viagem internacional, ao atravessar a fronteira todos precisarão apresentar os documentos e eventualmente responder algumas perguntas ao agente de fronteira. Como a Argentina faz parte do Mercosul, os documentos a serem apresentados poderão ser o Passaporte ou a Carteira de Identidade Civil (RG – recente, máximo 10 anos, em bom estado de conservação e que possa claramente identificar o portador). No caso de visita a Puerto Iguazú na Argentina, existe um acordo entre cidades de fronteiras para quem passar de carro, ônibus ou a pé, que permite o uso da CNH entre elas por um curto período de permanência. Para ler mais sobre o Acordo de Facilitação Turística entre o Brasil e a Argentina, clique aqui.

Cataratas do Iguazu (passeio de 1 dia inteiro ou pelo menos metade do dia).

 

As Cataratas do Iguazu na Argentina é o outro lado das grandiosas quedas d’água, também dentro do Parque Nacional, porém com a entrada pela cidade de Puerto Iguazu, em Missiones, no país vizinho. O parque da Argentina permite ao visitante ver a queda d’água por cima dos cânions, na chamada Garganta do Diabo. Nós consideramos esse passeio tão importante quanto ao das Cataratas no Brasil por ser um outro ponto de vista da mesma Maravilha Natural! É incrível sentir a força das águas do Rio Iguaçu caindo sobre os gigantescos paredões.  

Ao chegar no parque, paramos o veículo no estacionamento em frente ao parque e dali seguimos para a fila comprar os ingressos de entrada. Atenção: de acordo com o site da atração, o valor do ingresso do parque pode ser pago com cartão de crédito ou em pesos argentinos (dinheiro em espécie), mas o estacionamento se paga unicamente em moeda local em dinheiro.

O lado argentino do parque também é enorme e você pode fazer vários passeios lá dentro. Provavelmente vai precisar escolher quais deles fazer de acordo com o perfil da sua família. Também há opções de trilhas, passeios de lancha a motor e admirar as imensas quedas d’água praticamente em cima delas. Como nós estávamos acompanhados de uma bebê, preferimos ir diretamente para a visitação das quedas d’água e não fizemos as trilhas e nem os demais passeios nas cataratas.

Ali existe um serviço de trens até a Estação Garganta do Diabo que parte a cada 30 minutos. Você vai pegar o trem na Estação Central próxima a entrada do parque, de lá vai precisar fazer baldeação na Estação Cataratas para chegar até a última parada, na Estação Garganta do Diabo. Ao sair da estação, você irá caminhar por uma ponte até chegar bem próximo as quedas d’água! Nós fomos com nosso carrinho de bebê até ao final. É indescritível a sensação de ver as Cataratas por cima!

Mapa entregue durante a visitação das Cataratas do Iguazu

Consideramos que é um passeio para um dia inteiro para fazer tudo com calma. Tem diversas atrações, mas o lado argentino do parque não é tão bem estruturado e organizado quanto o brasileiro. Não gostamos das lanchonetes dentro do parque, existem muitos animais entre as mesas, pegando comida, um povo mal educado furando fila, sem monitoria alguma por parte do parque. A atração em si merece a visita, mas os serviços prestados ali deixaram muito a desejar. Nós levamos uns lanchinhos para as crianças na bolsa, o que nos salvou bastante durante o passeio. 

O parque fica aberto diariamente das 08:00 as 18:00h, com a última entrada até as 15h, crianças residentes de países do Mercosul até 6 anos incompletos têm entrada gratuita.

 

 

 


Hito 3 Fronteiras (passeio de  30 minutos).

Local turístico no centro de Puerto Iguazú, Argentina, onde se encontra o Obelisco listrado azul e branco (cores da bandeira Argentina)  que marca as fronteiras com o Brasil e o Paraguai. Dali você poderá apreciar o Marco das 3 Fronteiras no Brasil e o Obelisco do lado paraguaio. Neste lugar funciona uma feira de artesanato onde se pode comprar lembrancinhas de viagens.

 


Jantar no Restaurante El Quincho del Tío Querido, em Puerto Iguazu.

É uma excelente opção de restaurante para apreciar a autêntica parrilla argentina. Mas para aqueles que preferem outras opções, eles também possuem tábuas de frios, massas, peixes e outros pratos em seu menu. El Quincho del Tío Querido. 


Duty Free Shop Puerto Iguazu

Localizado ao lado da Fronteira da Argentina com o Brasil, o Duty Free Shop Puerto Iguazu é um grande centro comercial, com lojas que possuem uma variedade enorme de produtos internacionais de grandes marcas de eletrônicos, cosméticos e perfumes, bebidas, roupas e alimentos. A decoração interna faz alusão a vários pontos turísticos do mundo. Nós estivemos lá e compramos pouquíssimas coisas, pois não consideramos que os preços estavam tão bons como pensávamos que fosse. Aberto diariamente, das 10:00 as 21:00h.


PARAGUAI – CIUDAD DEL ESTE

A Unidas, empresa que nos alugou o carro, não permitiu que fôssemos até ao Paraguai com o veículo, devido ao alto índice de roubo de carros. Por este motivo, contratamos um serviço de transfer para nos levar até ao Shopping Paris e nos aguardou para o retorno. A Loumar Turismo faz este serviço de transfer que poderá te atender para o que precisar. 

Compras no Paraguai – Shopping China dentro do Shopping Paris.

Se você quiser aproveitar sua viagem para fazer compras, vá ao Shopping China, uma completa loja de departamentos dentro do Shopping Paris, na Ciudad del Este – Paraguai. Essa loja possui enorme variedade de produtos, desde eletrônicos, chocolates, bebidas, cosméticos, dentre outros. Os preços são bem atrativos de forma geral (o comércio na rua é um pouco mais barato) e vale visitar pela comodidade, segurança e organização de um shopping. Tem estacionamento. Consideramos que este tipo de loja é a melhor opção para quem está com crianças e quer fazer compras em um ambiente seguro e confortável.

Infelizmente o Snowpark e o Museo Planet 3D fecharam recentemente. Eles ficavam dentro do Shopping Paris e eram ótimas opções de passeios, especialmente com crianças. O objetivo do Shopping é instalar novos atrativos que ainda serão divulgados.


Itaipu Binacional pelo lado do Paraguai.

É possível visitar a Usina Binacional de Itaipu pelo lado paraguaio. As atividades são bem parecidas com as do lado brasileiro e a entrada é gratuita. O blog “De Mochila e Caneca” conta com detalhes como foi a visita deles. 


NOSSAS DICAS para esse destino

⇒ Alguns ingressos deverão ser adquiridos com antecedência para evitar filas e garantir a sua visita, sabendo que alguns atrativos possuem disponibilidade limitada, como o passeio do Catamaran e as entradas para as Cataratas. 

⇒ Proteja-se sempre com protetor solar e repelentes por haver grande exposição ao sol na maioria dos passeios. Foz do Iguaçu tem muita área verde, por isso tem épocas do ano que você poderá encontrar muitos mosquitos na região.

⇒ Leve capa de chuva ou casacos impermeáveis para você e suas crianças, pois a maioria dos passeios são ao ar livre, em áreas abertas e de caminhada e poderão molhar em caso de chuva ou até mesmo quando da visitação nas Cataratas.

Hospedagem: Nós dividimos nosso período da viagem em dois hotéis de categorias diferentes. Primeiramente ficamos no Ibis Foz do Iguaçu, hotel mais simples e econômico para nos atender apenas com a pernoite, pois todas as atividades que havíamos programado nos primeiros dias eram com duração do dia todo e só utilizaríamos o hotel para dormir. Depois fomos para o Bourbon Resort Cataratas do Iguaçu com intuito de descansar e aproveitar o resort com as crianças. O hotel possui uma completa estrutura de lazer com piscinas, piscina aquecida, clubinho da Turma da Mônica em que todos podem brincar e uma divertida monitoria para as crianças de 3 a 12 anos! Além de toda essa infraestrutura para crianças, possui ótimos restaurantes com serviços a la carte e spa para os adultos relaxarem.

 

  


PARA SABER MAIS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.