Brasil, São Paulo

CCBB São Paulo – A Tensão

De 13 de Abril a 20 de Junho de 2022.

O Centro Cultural Banco do Brasil em São Paulo – CCBB – apresenta a esperada exposição A Tensão, do famoso artista argentino Leandro Erlich, e nós fomos conferir as divertidas e instigantes obras dele.

Leandro Erlich é um artista reconhecido internacionalmente, que trabalha com referências de “lugares-comuns”, presentes em nosso cotidiano, mas de uma forma bem diferente, pois ele brinca com estas situações ultrapassando os limites entre a realidade e a ilusão. Sua paixão é transformar coisas que as pessoas acreditam que não poderiam ser mudadas, convidando a todos a “imaginar a realidade de uma maneira diferente”.

Essa mostra, que já passou por Belo Horizonte e pelo Rio de Janeiro, apresenta em São Paulo 13 obras que expõem ilusões de ótica de uma maneira muito interessante, distribuídas em vários andares do CCBB. Para que você tenha uma boa compreensão das obras, sugerimos que sua visita siga a seguinte ordem: Térreo, 4º, 3º, 2º e 1º andares e Subsolo.

Abaixo detalhamos nossa visita e mostramos todas as obras apresentadas nesta exposição. Saiba o que você vai encontrar no:

⇒ TÉRREO:

∴ Swimming Pool (Piscina) – uma piscina construída em tamanho real que proporciona a ilusão de ser verdadeira para quem a vê de cima, e a ilusão de estar debaixo d’água vestido e podendo respirar normalmente para quem está dentro dela. É a famosa “piscina que não molha”. É incrível a sensação que se tem ao estar dentro dela!  A visitação à piscina ocorre em até 8 pessoas por vez, com 1 minuto e meio para fotografias. A parte superior da piscina não é acessível para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, pois o acesso é feito somente por escadas. Porém é possível vê-la do alto dos outros andares acima dela, pois está localizada no vão do edifício.

⇒ 4º ANDAR:

Depois de visitar a exposição do Térreo, suba até ao 4º andar de elevador e vá descendo os andares de escada após visitar cada um.

∴ The Cloud – Brain (A nuvem) – nove painéis de vidro impressos representam uma nuvem em várias camadas. Este objeto nos dá a ilusão de que é sólido, mas na verdade é um acúmulo de “vazio”. É sensacional como ele conseguiu fazer essa obra porque é inacreditável que não há nada entre os vidros.

∴ Silver Boat (Barco Prateado) – nesta obra o artista nos apresenta um barco e seu reflexo sob a superfície da água, que estão “flutuando no ar”. É simplesmente lindo!

⇒ 3º ANDAR:

∴ Classroom (Sala de Aula) – nesta obra os visitantes se sentam em bancos de frente para mesas vazias e se veem do outro lado do vidro como se estivessem dentro de uma sala de aula abandonada, inspirada em uma sala típica de Pequim na década de 1980. É uma sensação fantasmagórica causada no visitante que participa ativamente da obra do artista. É realmente fantástico!

 

⇒ 2º ANDAR:

∴ Global Express (Expresso Global) – nesta obra o visitante tem a sensação de estar dentro de um trem que circula pelas cidades de New York, Paris e Tóquio. Há uma verdadeira sensação de velocidade e movimento em uma obra que faz alusão à globalização que avança em um ritmo acelerado.

Clique na foto para ver o vídeo dessa obra

Lifted Lift (Elevador Suspenso) nesta obra, o visitante “espia” pela porta do elevador e consegue ver o poço que se estende verticalmente e infinitamente para baixo. Acho que todo mundo já quis fazer isso um dia!

The View (A Vista) nesta obra o artista recria a experiência de se observar a vida dos vizinhos através da janela de seu apartamento. Muito comum nos dias de hoje, mas a obra nos faz refletir sobre a vida moderna, em que você não somente observa o cotidiano do outro, como também percebe que está sendo observado.

∴ Blind Window (Janela cega) – nesta obra o visitante percebe uma janela fechada de tijolos desafiando a gravidade – a janela que nada mostra e que não deixa entrar o ar, ao contrário da sua função original. É intrigante imaginar um objeto do nosso cotidiano de maneira tão inesperada, não é mesmo?

∴ La Vereda (A Calçada) – nesta obra, Erlich nos mostra uma brincadeira com os reflexos da cidade em uma poça d’água de uma calçada comum. As fotos ficam maravilhosas quando as tiramos através de reflexos, você não acha?

⇒ 1º ANDAR:

∴ Neighbors (Vizinhos) nesta obra o artista reproduz uma situação muito comum na vida da maioria das pessoas, que é olhar quem está batendo à porta através do “olho mágico”. Mas aqui nesta obra, Erlich coloca duas portas em tamanho real em lados opostos, na qual cada uma tem um olho mágico. Em princípio, você imagina que conseguirá ver quem está do outro lado da porta, porém, através do “olho mágico” você verá o corredor interno de um condomínio vazio.

∴ El Avión e Night Flight (O Avião e Voo Noturno) – nesta obra o visitante se sente como se estivesse dentro de um avião, sentado à janela, observando a vista das nuvens quando do voo diurno ou das luzes de uma cidade quando do voo noturno. Aqui em casa é uma “briga pra sentar na janelinha” … e nas suas viagens? Também é assim?

∴ Lost Garden (Jardim Perdido) nesta obra o artista nos mostra duas janelas com vistas para um jardim, porém quando o visitante olha através do vidro de uma delas, ele observa seu reflexo de um ângulo diagonal, de forma inesperada e teoricamente impossível. Muito legal!

⇒ SUBSOLO:

∴ Proximamente – neste espaço há várias pinturas a óleo que são representações das obras mais famosas de Erlich, como se fossem cartazes de cinema. A sensação que provoca no visitante é a de estar entrando no cinema para assistir a filmes que nos mostram as obras do próprio artista. Se você deixar para ver essa exposição ao final de sua visita, você conseguirá identificar diversas obras dele nas imagens.

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO:

De Quarta a Segunda, das 09:00h às 19:00h (o CCBB São Paulo só fecha nas terças-feiras).

INGRESSOS: GRATUITO!

Mas é preciso agendamento pelo site do CCBB. Ao agendar sua visita, o portal gerará ingressos com QR Code que serão conferidos no momento de sua entrada ao local (imprima ou faça print da imagem dos ingressos para apresentá-los pelo celular).

Não vá sem os ingressos, pois não há possibilidade de entrar sem eles! Os ingressos são válidos apenas para a faixa de horário reservado, com tolerância de 15 minutos de atraso. Fique atento! Máximo de 4 ingressos por CPF e crianças com mais de 3 anos precisam apresentar ingressos.

Os ingressos serão liberados pelo site do Eventim, todas as sextas-feiras às 12:00h, somente para a semana seguinte, conforme o cronograma de liberação abaixo. Para reservar, clique aqui.

ENDEREÇO:

Rua Álvares Penteado, 112 – Centro Histórico, Triângulo SP, São Paulo–SP
Acesso ao calçadão pela estação São Bento do Metrô.

A região não é fácil de estacionar, por este motivo, o CCBB possui um estacionamento conveniado que oferece um traslado gratuito até o local da exposição. O estacionamento está localizado na Rua da Consolação, 228. Valor: R$ 14 pelo período de até 6 horas. É necessário validar o ticket na bilheteria do CCBB. No trajeto de volta, a van tem parada na estação República do Metrô.

Atenção! O uso de máscara facial não é obrigatório a partir de 17 de marçode 2022, atendendo ao decreto assinado pelo governador de São Paulo. Mas foi solicitada a apresentação de comprovante de vacinação na entrada do CCBB, com no mínimo duas doses da vacina contra COVID-19.

A exposição está belíssima e muito interativa. Vale a pena visitá-la, pois é um passeio cultural interativo que diverte a família toda!

Saiba mais no site do CCBB clicando aqui.

Abaixo postamos o vídeo publicado no Instagram pelo CCBB SP mostrando a construção da piscina para esta exposição. Simplesmente demais!


Leia mais sobre outros passeios em São Paulo:

➡️ Museu da Imaginação

➡️ Museu das Ilusões

➡️ Parque Ibirapuera – São Paulo

MASP – Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand

Beyond Van Gogh no Morumbi Shopping – em São Paulo

Portinari para Todos – MIS Experience – São Paulo.

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.