Dicas de viajante

Viagem de avião com crianças pequenas – até 2 anos incompletos.

Crianças até 2 anos incompletos, nas cias aéreas em geral, pagam apenas 10% do valor da tarifa de um adulto. Elas não tem direito a assento e deverão viajar no colo de um adulto. Em algumas aeronaves, se o vôo é longo, é possível solicitar um bercinho para crianças que pesam menos de 10 kilos e medir menos de 71 cm. Esse bercinho deverá ser solicitado com antecedência de 48h antes da viagem e poderá ser cobrada uma taxa por sua utilização, ou em alguns casos você deverá comprar o assento preferencial destinado ao seu uso. Caso você queira levar a cadeirinha de carro de seu bebê dentro da aeronave, ela deverá ser certificada pela Aviation Child Safety Device e você deverá pagar por uma poltrona para ela com o bebê, como se fosse uma criança maior de 2 anos. Caso queira levar a cadeirinha de carro despachada junto com a mala no check-in, ela equivale ao carrinho de bebê e muitas cias não cobram taxas por isso.

Em geral as cias aéreas permitem que o bebê possa utilizar seu carrinho até a porta da aeronave. Caso seu carrinho seja grande, ou modelo guarda-chuva, ele poderá ser despachado antecipadamente junto com a mala no check-in, ou a atendente fará uma etiqueta para o carrinho e você despachará na porta da aeronave. Mas, se o seu carrinho é pequenino, fecha como se fosse uma bagagem de mão, você poderá levá-lo dentro da aeronave, no bagageiro superior, como se fosse uma pequena mala ou bolsa. Essa é a melhor opção, pois você já sai da aeronave com seu carrinho em mãos.

No Brasil, pessoas que viajam com bebês tem prioridade no atendimento de check-in, embarque e reservas de assentos mais espaçosos na primeira fila da aeronave. Além disso, tem prioridade também para a fila da Polícia Federal e máquinas de raio-x. Mas fora do Brasil, infelizmente isso não acontece da mesma maneira.

Na mala de mão, leve um casaquinho ou mantinha para proteger seu bebê do ar condicionado, além de roupinhas extras, fraldas, lenço umedecido, mamadeira, copinho para suco e algum lanchinho que seu bebê adora. No banheiro da aeronave há um trocador.

Dicas:

. Dê algo para seu bebê tomar, comer ou até mesmo chupar a chupeta durante a decolagem e pouso da aeronave para amenizar o desconforto nos ouvidos causados pela pressão.

. Para vôos internacionais, você poderá solicitar comida especial para os bebês e crianças. Esse pedido deverá ser feito antecipadamente por telefone e em geral não tem custo. Mesmo que algumas cias aéreas não ofereçam nada de diferente das demais refeições, eles serão servidos primeiro. Assim você conseguirá ajudá-los na refeição e quando o comissário servir a sua, você estará mais tranquilo porque as crianças já terão comido.  

3 comentários em “Viagem de avião com crianças pequenas – até 2 anos incompletos.”

  1. O que faço com meus filhos é sempre entregar um brinquedinho novo logo depois que o avião decola. Eles perdem algumas horinhas entretidos com o brinquedo novo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.